conheca-4-tecnologias-emergentes-que-prometem-acelerar-a-transformacao-digital.jpeg

Conheça 4 tecnologias emergentes que prometem acelerar a transformação digital

Os líderes de negócios de hoje entendem que integrar o digital em suas linhas de produtos e de serviços usando tecnologias emergentes é a chave para impulsionar o crescimento para o futuro e proporcionar a transformação digital da sua empresa.

O potencial para as empresas é excelente: desde plataformas de colaboração e IoT até a cadeia de bloqueios e aprendizagem profunda, as tecnologias digitais emergentes estão mudando a face dos negócios.

Neste artigo, vamos apresentar algumas dessas tecnologias que prometem trazer grande aceleração na transformação digital.

1. Robôs e drones

Nas últimas décadas, os robôs tornaram-se comuns nas fábricas ao redor do mundo.

Essas aplicações industriais continuarão a contribuir para o crescimento significativo do mercado global de robôs: de 2015 a 2022, a MarketsandMarkets prevê um CAGR (Compound Annual Growth Rate) de quase 12% para o mercado de robótica industrial, levando-o a quase US$ 80 bilhões.

Quanto ao mercado de drones, estimado em US$ 552 milhões em 2014, poderá mais do que duplicar para US$ 1,4 bilhão até 2022 à medida que as taxas de adoção aumentarem.

2. IOT (Internet of Things) e wearables

A IoT, ou internet das coisas, refere-se à conexão de dispositivos (além dos típicos, como computadores e smartphones) à internet. Carros, eletrodomésticos e até mesmo monitores de coração podem ser conectados por meio de IoT.

A IOT pode ser usada na maioria dos escritórios para economizar energia, melhorar a segurança e reduzir os custos.

Os wearables são acessórios “vestíveis”, como relógios e óculos, que consomem essa internet das coisas. A indústria da saúde fará muito bom uso de wearables nos próximos dois anos.

Espera-se que o mercado de wearables atinja US$ 14 bilhões até o final deste ano, de acordo com a Forbes. E o BI Intelligence, o serviço de pesquisa premium do site Business Insider, espera que o mercado de wearables cresça para 162,9 milhões de unidades até o final de 2020.

No total, o BI Intelligence prevê que haverá 34 bilhões de dispositivos conectados à internet até 2020. Os dispositivos IoT representarão 24 bilhões, enquanto os dispositivos de computação tradicionais, 10 bilhões.

3. Inteligência artificial (IA) e Machine Learning (ML)

A inteligência artificial moldará o nosso futuro com mais força do que qualquer outra inovação neste século. Avanços rápidos no armazenamento de dados e no poder de processamento de computadores cresceram drasticamente nos últimos anos, trazendo impactos reais cada vez mais presentes em nosso cotidiano.

A aprendizagem de máquinas é uma aplicação atual da IA com base na ideia de que realmente devemos dar às máquinas o acesso aos dados e deixá-las aprender por si mesmas.

É a aprendizagem de máquinas que vem como o veículo que está direcionando o desenvolvimento da IA com a velocidade atual.

Alguns exemplos de empresas usando IA e ML são: Baidu, para acelerar a busca móvel com inteligência artificial; Soundhound, para dar aos serviços digitais o poder do discurso humano; Google, para oferecer aos carros a habilidade de dirigir sem uma pessoa conduzindo; dentre outras como Uber, Apple, Amazon e Cisco.

4. Realidade aumentada e realidade virtual

A realidade virtual e a realidade aumentada — no momento considerada, principalmente, um meio para oferecer entretenimento — oferecem a intrigante possibilidade de nos deixar “entrar” nos dados.

A visão de 360 graus amplia instantaneamente a tela disponível, e as interações tornam-se mais intuitivas, pois podemos alcançar com um toque e manipular o que nos é mostrado.

Ao apresentar dados dentro de uma tela 3D que envolve o usuário, muito mais do que as três dimensões tradicionais estão disponíveis. Além de colocação em coordenadas X, Y ou Z, os pontos de dados podem ser distinguidos por tamanho, cor, transparência, além de direção e velocidade de movimento.

O uso de realidade aumentada vem crescendo em diversas áreas, desde jogos, como o popular Pokemon GO, passando por música e arquitetura, chegando até a usos militares.

Já em realidade virtual, muito além dos games, a Live Nation transmitirá 10 concertos através do Live Nation Channel no aplicativo NextVR, compatível com Samsung Gear VR e Oculus Rift. A Altoura VR cria tours e experiências One-Touch VR para o setor imobiliário comercial.

A Bloomberg relata que o mercado de VR será de US$ 8,5 bilhões este ano, só na China, o que mostra a força de expansão dessa área.

Gostou deste artigo sobre transformação digital? Então, não deixe de compartilhar com os amigos nas suas redes sociais!

Comentários

comentários

Juliano da Monitora
Produtor de Conteúdo na Monitora