Quality Assurance

Entenda a importância do Quality Assurance para seu negócio

De acordo com uma pesquisa feita pelo grupo Fifth Quadrant, 80% dos consumidores parariam de usar algo da empresa após uma experiência ruim. Isso está muito relacionado à qualidade dos produtos que o negócio entrega ao seu público. Para assegurar que as expectativas dos usuários sejam atendidas, é fundamental colocar em prática o Quality Assurance. Já ouviu falar?

Essa estratégia está relacionada aos testes de software. No entanto, muitas empresas acreditam que esse processo demanda custos desnecessários para a companhia.

Mas a verdade é que a incidência recorrente de problemas nas aplicações pode trazer prejuízos ainda maiores para a corporação, seja para gerenciar o processo de revisão, seja para cuidar da perda de usuários.

Por isso, preparamos este post para ajudar você a entender como evitar problemas com os clientes por meio da prática de Quality Assurance. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

O que é Quality Assurance?

De forma prática, o Quality Assurance (QA), ou garantia de qualidade, em português, é um processo dentro do desenvolvimento. Ele busca garantir que o produto seja entregue respeitando as qualidades pretendidas pelo cliente. Isso evita que o usuário receba um item com problemas e erros em sua execução.

Para isso, o profissional da área deve realizar uma série de testes com foco no processo de desenvolvimento. Isso é fundamental para que no final, o produto não chegue nas mãos dos usuários com uma série de erros.

Quality Control

É importante também não confundir o QA com o Quality Control. Esse consiste em um conjunto de técnicas e ações para monitoria, identificação e eliminação de um possível problema. Ou seja, o QC tem um foco nos resultados e deve avaliar se eles estão de acordo com o esperado.

Qual a importância do Quality Assurance?

Hoje em dia, as pessoas sentem necessidade de medidas urgentes para resolverem seus problemas. Quanto mais um produto ou serviço demora para mostrar resultado, maiores serão as chances de as pessoas imediatamente o trocarem pela concorrência. Por isso, a primeira chance que um cliente lhe dar pode ser também a única.

Para comprovar isso, as estatísticas da Compuware, empresa americana de softwares, mostram que 16% dos usuários utilizam novamente um aplicativo que não causou uma primeira boa impressão. 44% dos usuários são mais impacientes e já deletam o aplicativo de imediato, assim que ele não realizou a ação desejada.

Isso é prejudicial não só por perder um cliente, mas também por ter a reputação da marca manchada por um app de má qualidade. Os prejuízos que isso acarreta podem ser irreparáveis. Sendo assim, o quality assurance entra para prevenir esses resultados negativos.

Como iniciar o Quality Assurance na sua empresa?

Para garantir a qualidade de seus serviços, existem alguns passos importantes que devem ser tomados:

  • gerenciar os fornecedores;
  • selecionar um profissional de qualidade;
  • treinar os colaboradores responsáveis pela produção.

A escolha do profissional envolvido com a quality assurance é um processo difícil. Isso porque o assunto é um segmento novo no mercado e não é fácil encontrar pessoas realmente capazes de desempenhar essa função. Mas como critério de escolha, fique atento as responsabilidades desse profissional:

  • análise de risco para descobrir os problemas que podem ocorrer – onde, quando e quanto eles afetam o software;
  • colaboração com os desenvolvedores para a estratégia geral de testes de equipe;
  • analisar critérios de sucesso para as histórias;
  • testar as histórias para garantir que elas atendam ao critério de aceitação;
  • criação e manutenção de dados testes para ajudar no processo de desenvolvimento de um projeto;
  • testes exploratórios, testes de regressão, testes de requisitos de funcionalidade cruzada, testes de manutenção e refatoração, testes de requisitos de funcionalidade cruzada;
  • comunicação de riscos e defeitos;
  • liberação da tomada de decisão;
  • Devops;

Como você pode perceber, são muitas as funções e responsabilidades para um profissional que trabalha na área do QA. Por isso, seu processo seletivo e treinamento dos funcionários deverá ser a altura do cargo.

Os profissionais também precisam estar cientes da responsabilidade que é sua função e que garantir a qualidade do produto final é muito importante. Para isso, também é fundamental que os envolvidos nessa área também garantam que todos da equipe de produção possam avaliar o produto para assegurar a qualidade na entrega.

Quais os benefícios em utilizar o Quality Assurance?

Como vimos, o processo é necessário para o desenvolvimento de uma boa aplicação. Além disso, você terá diversos benefícios. Veja só!

Melhora a experiência do cliente

Ao longo da programação do software, pode ocorrer de os desenvolvedores não notarem alguns problemas em sua interface. Aí está a necessidade de uma análise.

Seja para lidar com um menu confuso, seja para ajustar um botão que deveria funcionar, os testes contam com a função de passar a limpo tudo o que foi construído. Essa estratégia vai garantir que o programa esteja funcional e que não comprometa a experiência do usuário.

Reduz custos

A redução de custos ocorre por eliminar a necessidade de retrabalho no desenvolvimento. Afinal, será preciso alocar a sua equipe para corrigir os problemas encontrados, tomando o tempo que poderia ser utilizado para um novo projeto ou uma outra aplicação.

Encontra pontos de melhorias

Quando concluímos um projeto, os desenvolvedores podem se deparar com alguma funcionalidade que poderia ser implementada no programa. É importante então que a equipe acompanhe os pontos a serem melhorados durante o processo de construção, tanto para otimizar a performance, quanto para solucionar algum bug.

Antecipa problemas

Complementando o item anterior, ao acompanhar bugs e problemas durante o desenvolvimento, os testes permitem que a empresa antecipe problemas ainda maiores em uma fase de homologação, por exemplo.

Além disso, encontrar falhas em etapas posteriores pode ser muito mais difícil, uma vez que será necessário testar individualmente cada componente do programa.

Garante a entrega de softwares de qualidade

Apesar de se esforçarem em manter o foco na entrega de melhores resultados para o cliente, algumas empresas ainda cometem o grave erro de não se atentarem aos testes do programa.

Assim, caso ocorra alguma falha crítica, informações pessoais de um usuário poderiam ser violadas, por exemplo, e a companhia seria responsabilizada judicialmente — um grande prejuízo financeiro, não é mesmo?

Por esse motivo, ao utilizar um Quality Assurance eficiente, a equipe de desenvolvimento estará preparada para lidar com os problemas encontrados, garantindo assim uma entrega de software de qualidade e, consequentemente, maior apoio por parte dos clientes.

E você, gostou do artigo? Então, aproveite para conhecer também as tendências em experiência do usuário focadas em software!

Comentários

comentários

Juliano da Monitora
Produtor de Conteúdo na Monitora