metodologia OKR

Como e por que utilizar a metodologia OKR?

As empresas têm como principais desafios elaborar e executar as ações estratégicas com agilidade e precisão. Um dos motivos é que o alto nível de competitividade exige decisões rápidas para uma corporação manter um padrão de serviços que satisfaça o público-alvo. De que maneira atingir esse objetivo é viável? Uma boa resposta é por meio da metodologia OKR.

Ela proporciona condições para companhias de qualquer porte desenvolverem iniciativas com simplicidade e praticidade, porque permite especificar os objetivos de maneira muito clara. Isso contribui para que todos os setores de uma organização possam ser inseridos na gestão de resultados, o que favorece o engajamento, o aumento da produtividade e a melhoria do desempenho.

Neste post, vamos mostrar uma definição desse método, como ele funciona e os motivos pelos quais as companhias precisam utilizá-lo. Confira!

Saiba o que é OKR

Um modelo direcionado para qualquer empresa ter foco em cumprir metas e obter resultados cada vez mais expressivos é uma denominação que pode ser aplicada à metodologia OKR (Objectives and Key Results).

Esse método foi criado pelo ex-CEO da Intel, Andrew S. Grove. Contudo, passou a ser difundido, a partir de 1999, quando John Doerr, um dos investidores do Google, expôs essa prática para os funcionários. Essa iniciativa foi um dos fatores que permitiu a empresa crescer de forma exponencial, elevando o número de colaboradores de 40 para mais de 60 mil, atualmente.

É possível destacar que essa fórmula para estabelecer as metas envolve 2 fatores:

  • objetivos (O): mostra a direção que a empresa deseja seguir com clareza e concisão. Os funcionários devem entender como um determinado objetivo é fundamental para a corporação evoluir;
  • resultados-chave (KR): metas que estão diretamente relacionadas com um objetivo relevante para a companhia.

Cada objetivo apresenta um caráter qualitativo. Já os KRs são quantitativos e estão inseridos em um determinado objetivo.

Com a definição mais clara das metas, os funcionários têm um maior envolvimento com as ações empresariais. Isso evita o comodismo e estimula os colaboradores a saírem da zona de conforto e a terem um foco voltado para a inovação e o aprimoramento da performance.

Entenda como funciona

Para atuar com mais velocidade em um cenário de constante mudança, muitas organizações optaram por essa metodologia. Esse aspecto faz com que as metas sejam construídas por meio de um processo integrado com duas vias: top down e bottom up. Assim, são criadas ações para envolver toda a corporação e atividades a serem desenvolvidas pelo próprio colaborador.

A OKR possibilita que os parâmetros de desempenho sejam estabelecidos em conjunto. Em geral, o funcionário deve estipular 60% dos objetivos e resultados que deseja atingir. Esse processo é fundamental para que o empregado tenha uma visão ampla do negócio e esteja incorporado à estratégia empresarial.

Para essa metodologia ser devidamente aplicada, as metas devem ter um período mais curto de validade. A intenção é estabelecer algo possível de ser concretizado e criar um ambiente favorável para a correção rápida de eventuais erros na execução das tarefas.

Também é recomendado que haja reuniões para um acompanhamento semanal dos resultados-chave. Essa atividade viabiliza verificar como está o andamento dos trabalhos e adotar medidas que permitam bater as metas, mesmo quando os indicadores não estão favoráveis inicialmente.

Se essas atitudes não surtirem os resultados previstos ao final de um trimestre, por exemplo, elas vão colaborar para que haja um maior aprendizado da OKR na empresa. Isso é imprescindível para obter uma performance acima da média.

Antes a aplicar esse método, a organização deve fazer um planejamento estratégico para considerar os fatores internos e externos que podem favorecer ou dificultar o crescimento. Essa atividade também deve analisar os recursos necessários para que as metas sejam viáveis e possam motivar a equipe.

Veja por que as empresas precisam dessa metodologia

Por incentivar a participação dos funcionários na construção das metas, a OKR se caracteriza por criar condições mais favoráveis para o engajamento dos colaboradores. À medida que uma corporação envolve os empregados nas ações a serem desenvolvidas, maiores são as possibilidades de os membros da equipe compreenderem os objetivos institucionais e trabalharem de maneira mais focada para atingi-los.

O método também favorece uma maior transparência na gestão. Isso porque as metas serão divulgadas de forma clara e objetiva para todos os integrantes da companhia. Além disso, o acompanhamento dos resultados estará disponível. Essa postura mostra que a empresa deseja compartilhar as ações com os colaboradores.

Outro fator positivo é que a OKR estimula o trabalho em equipe e reforça o papel dos líderes no gerenciamento das metas. A integração dos funcionários e uma participação mais ativa dos gestores são dois aspectos essenciais para a cultura organizacional contribuir para a inovação e a melhoria constante.

Para isso ser devidamente concretizado, o ideal é que haja uma política de gestão de pessoas que priorize a capacitação da equipe e a criação de ferramentas (premiações, plano de cargos e salários etc.) que estimulem a produtividade e a elaboração de ideias direcionadas para o crescimento da companhia.

Essa metodologia pode oferecer muitas vantagens para as organizações. As mais importantes são:

  • proporcionar resultados surpreendentes (funcionários mais engajados produzem mais e podem superar as próprias limitações, o que possibilita conseguir uma performance cada vez melhor);
  • fazer com que a equipe tenha uma visão mais ampla de como a empresa funciona (a simplicidade do método permite que os funcionários tenham clareza dos objetivos e noções de como alcançá-los);
  • criar um ambiente de aprendizado constante (as metas devem ser concretizadas em períodos mais curtos. Isso favorece uma análise dos erros cometidos e viabiliza uma autoavaliação dos funcionários, o que ajuda no desenvolvimento profissional);
  • ter foco no crescimento (a empresa passa a ter uma cultura em que as mudanças e as metas são vistas como fundamentais para evoluir e superar os concorrentes).

Sem dúvidas, essa metodologia oferece condições para uma corporação estar mais atenta às tendências do mercado e apresentar um desempenho que a torne mais ágil, eficiente e relevante para o público-alvo.

Se você quer mais informações sobre a OKR e outras práticas de gestão empresariais, curta, agora mesmo, a nossa página no Facebook. Estar bem informado ajuda a construir o caminho rumo ao sucesso!

Comentários

comentários

Juliano da Monitora
Produtor de Conteúdo na Monitora